Quais são os valores morais essenciais para a formação médica?

Autores

Resumo

Este estudo propõe identificar que valores morais os estudantes de medicina consideram importantes para sua formação e que valores a universidade tem promovido durante a graduação. Trata-se de estudo quantitativo, descritivo e transversal com 153 estudantes de universidade pública do estado do Rio de Janeiro. Os participantes consideraram respeito, responsabilidade, paciência e humildade como os valores morais mais importantes para a formação médica, e responsabilidade, respeito, paciência e prudência foram apontados como os mais estimulados durante a graduação. Os estudantes reconhecem a importância da educação moral para a formação profissional e se mostram sensíveis ao tema. Por conseguinte, é necessário capacitar docentes e instituir educação permanente para que a formação moral não seja produto da casualidade ou continue à margem dos currículos.

Palavras-chave:

Educação médica. Ética. Princípios morais.

Biografia do Autor

Lumaira Maria Nascimento Silva da Rocha Marques

Enfermeira e Doutora em Bioética, Ética Aplica e Saude coletiva pelas instiituições associadas: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Fluminense, Universidade do estado do Rio de janeiro e Fiocruz.

Sandra Costa Fonseca, Departamento de Epidemiologia e Bioestatística/Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal Fluminense (UFF)/ Rio de Janeiro/ RJ/ Brasil

Professora adjunta do Departamento de Epidemiologia e Bioestatística/Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal Fluminense (UFF)/ Rio de Janeiro/ RJ/ Brasil

Vitor Corradini Milioni

Médico graduado pela Universidade Federal Fluminense.

Weydler Campos Hottz Corbiceiro

Médico graduado pela Universidade Federal Fluminense.

Como Citar

1.
Marques LMNS da R, Fonseca SC, Milioni VC, Corbiceiro WCH. Quais são os valores morais essenciais para a formação médica?. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 14º de junho de 2024];28(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2333