Ética do professor de Medicina

Autores

  • Luiz Salvador de Miranda Sá Junior

Resumo

O artigo trata da eticidade da conduta docente na Medicina como entidade social de moralidade e cientificidade complexas e ao mesmo tempo atividade laboral cada vez menos autônoma, econômica e tecnicamente. Para o autor, na avaliação da conduta médica e pedagógica do professor de Medicina não se deve separar os aspectos técnicos dos éticos, nem os pessoais dos profissionais. Faz a diferenciação entre três tipos de pessoas que ensinam Medicina - os profissionais de educação, os professores e os mestres - e estabelece três dimensões dos processos educacionais: a instrução, o treinamento e a formação. Ressalta, ainda, três valores hipocráticos que podem ser tidos como preliminares essenciais para o exercício da clínica e docência médicas: a filantropia, a filosofia e a filotecnia. Ainda nessa linha, conclui com o que denomina de princípios fundamentais da ética médica hipocrática, que serviriam para fundamentar a conduta ética dos professores de Medicina.

Palavras-chave:

docência médica, conduta ética, filosofia, filantropia, filotecnia

Publicado:

2009-11-03

Downloads

Como Citar

1.
Junior LS de MS. Ética do professor de Medicina. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 3º de novembro de 2009 [citado 25º de maio de 2024];10(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/198