Más notícias: significados atribuídos na prática assistencial neonatal/pediátrica

Autores

  • Caroline Lau Koch
  • Aline Badch Rosa
  • Simone Caldas Bedin

Resumo

Trata-se de estudo exploratório, descritivo e qualitativo, realizado com nove profissionais da saúde que atuam na área da medicina e enfermagem em unidade de terapia intensiva neonatal e pediátrica de hospital de ensino localizado no interior do estado do Rio Grande do Sul. O objetivo foi reconhecer significados atribuídos à comunicação de más notícias, evidenciados na prática profissional e nos sentimentos e emoções que essa tarefa desperta nos profissionais. Os dados foram levantados por entrevista semiestruturada e trabalhados por análise de conteúdo. A morte foi evidenciada como o principal significado atribuído às más notícias. Não foram observados protocolos ou rotinas padronizados na prática de comunicação de más notícias. Foi notório o significativo grau de sofrimento do profissional da saúde que realiza essa prática ocupacional. Os dados deste estudo enaltecem a importância de problematizar e refletir sobre a temática no ambiente hospitalar.

Palavras-chave:

Revelação da verdade. Comunicação em saúde. Relações médico-paciente. Psicologia médica.

Como Citar

1.
Koch CL, Rosa AB, Bedin SC. Más notícias: significados atribuídos na prática assistencial neonatal/pediátrica. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 5º de dezembro de 2017 [citado 24º de fevereiro de 2024];25(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1390