Caminho do Diálogo: uma experiência bioética no ensino fundamental

Autores

  • Marta Luciane Fischer Programa de Pós-Graduação em Bioética da Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Thiago Rocha da Cunha Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Matheus Edilberto Roth Programa de Pós-Graduação em Bioética da Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Gerson Zafalon Martins Sociedade Brasileira de Bioética

Resumo

No Brasil, a experiência educacional em bioética volta-se, sobretudo, ao ensino superior, nos níveis de graduação e pós-graduação. Nos últimos anos há crescente reconhecimento da importância de desenvolver o aprendizado da bioética desde o ensino fundamental. A recomendação não diz respeito à inclusão da bioética como disciplina formal, mas como área a se trabalhar interdisciplinar e transversalmente no contexto da formação integral, humanística e crítica de crianças e adolescentes. Este estudo tem como objetivo apresentar e analisar uma experiência educacional em bioética, que envolveu o ensino fundamental, denominada “Caminho do Diálogo”. O projeto utilizou método inspirado nas práticas peripatéticas de Aristóteles, funcionando
como atividade relativamente simples, subsidiada essencialmente por recursos humanos, propiciando resultados satisfatórios na aproximação entre bioética e educação básica e promovendo o diálogo entre academia, sociedade e escola, de modo a instigar a reflexão e favorecer o aprimoramento moral de todos os envolvidos.

Palavras-chave:

Bioética. Educação. Ensino.

Como Citar

1.
Fischer ML, da Cunha TR, Roth ME, Martins GZ. Caminho do Diálogo: uma experiência bioética no ensino fundamental. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 30º de março de 2017 [citado 29º de fevereiro de 2024];25(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1248