Elaboração coletiva do código de ética do estudante de medicina

Márcia Mendes Menezes, Fernando Ribeiro Amaral, Caroline Urias Rocha, Camila Rodrigues Ribeiro, Luciana Colares Maia, Crisitna Andrade Sampaio, Simone de Melo Costa

Resumo


Este artigo descreve a elaboração do Código de Ética do Estudante de Medicina comparando o processo com o descrito na literatura. Os dados foram levantados em pesquisa de campo qualitativa, por meio de entrevista com 24 estudantes, e quantitativa, com aplicação de questionário sobre conflitos éticos a 281 acadêmicos. A partir das opiniões dos estudantes e pesquisa bibliográfica, identificaram-se temáticas essenciais para elaboração do código de ética do estudante de graduação. Como resultado, o código abordou direitos e deveres
de professores, pacientes, instituições e sociedade em geral, considerando inclusive problemas contemporâneos, como o uso de redes sociais e trote universitário. Concluiu-se que a elaboração coletiva do código corresponde ao início de processo que pretende estimular a reflexão sobre assistência médica e dimensão social para se tomar decisões coerentes com princípios éticos e morais em respeito à dignidade do ser humano.


Palavras-chave


Códigos de ética. Estudantes de medicina. Ética profissional. Bioética. Princípios morais.

Texto completo:

PDF PDF (English) PDF (Español)