Fragmentos para uma bioética urbana: ensaio sobre poder e assimetria

Resumo

Este ensaio tem como objetivo apontar os possíveis elementos para a atuação da bioética no âmbito dos problemas urbanos. Para tanto, traça um breve histórico do conceito e propõe um modo de funcionamento, a partir da perspectiva potteriana de bioética, por meio de método, produção e aplicação – respectivamente, o trabalho etnográfico, a produção de princípios e a aplicação dos dois aos conflitos em foco.

Palavras-chave:

Bioética. População urbana. Política.

Como Citar

1.
Fragmentos para uma bioética urbana: ensaio sobre poder e assimetria. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 23º de março de 2015 [citado 28º de fevereiro de 2024];23(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/990