Ética, bioética e deontologia no ensino da naturologia no Brasil

Resumo

Objetivou-se discutir, pelo prisma da bioética social, como se configura a inserção das disciplinas de ética, deontologia e bioética no ensino da naturologia no Brasil. Sob abordagem qualitativo-descritiva e por meio de investigação documental e de campo, realizou-se o estudo em duas universidades brasileiras. Participaram seis docentes mediante entrevistas semiestruturadas que permitiram analisar os seis planos de ensino, três de cada curso. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo e resultaram em quatro categorias: 1) características gerais das disciplinas que envolvem o estudo da ética, bioética e deontologia; 2) bioética como disciplina no curso de naturologia: temas e referenciais de análise; 3) abordagens teóricas da ética estudadas na naturologia; 4) estudo da deontologia no ensino da naturologia. Considera-se necessário ampliar a carga horária das disciplinas de ética e bioética e assinala-se a necessidade da constante reflexão sobre a prática profissional voltada para a realidade social brasileira.

Palavras-chave:

Bioética, Ética, Teoria ética, Ensino, Terapias complementares

Como Citar

1.
Ética, bioética e deontologia no ensino da naturologia no Brasil. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 1º de dezembro de 2014 [citado 16º de junho de 2024];22(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/959