Construção e validação do instrumento “Inventário de problemas éticos na atenção primária em saúde”

Resumo

Identificar conflitos éticos contribui para melhorar a qualidade da assistência. O estudo objetivou verificar a validade de construto e consistência interna do “Inventário de problemas éticos na atenção primária em saúde”. O instrumento, questionário estruturado e fechado, é fruto de uma década de pesquisas sobre bioética na atenção básica. O artigo enfoca a última etapa da validação. No início dessa fase, o instrumento continha 41 itens. Foi aplicado a 237 profissionais de 12 unidades de saúde do Grupo Hospitalar Conceição (Porto Alegre/RS). Após análise fatorial exploratória dos escores, obtiveram-se seis dimensões centrais com elevado grau de confiabilidade e consistência (KMO=0,831; Bartlett p<0,001; α geral 0,876), explicando 61,4% da variância. Ao final, o instrumento validado ficou com seis fatores e 24 itens. O instrumento poderá contribuir para pesquisas em bioética, com estudos quantitativos em grandes amostras, bem como propiciar o reconhecimento dos problemas éticos mais comuns na atenção básica. 

Palavras-chave:

Estudos de validação, Ética, Bioética, Atenção primária à saúde, Resolução de problemas

Como Citar

1.
Construção e validação do instrumento “Inventário de problemas éticos na atenção primária em saúde”. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 6º de agosto de 2014 [citado 1º de março de 2024];22(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/870