Interfaces entre território, ambiente e saúde na atenção primária: uma leitura bioética

Resumo

Os desafios éticos da saúde pública são atravessados por determinantes macro e microssociais, exigindo que o serviço esteja focado no território de abrangência e nas necessidades de sua respectiva população. Por isso, entender as interfaces entre território, ambiente e saúde é importante. Território é o espaço das sociabilidades cotidianas do grupo social que o habita, não reduzido aos limites administrativos. Saúde depende tanto do micro território quanto do macro ambiente natural e societário, pois ambos configuram os determinantes sociais da reprodução da vida. Assim, o primeiro desafio ético é a construção de um modelo de atenção que integre cuidados primários e conhecimentos da vigilância sobre as necessidades em saúde daquele território. Outro, é a construção de ações intersetoriais politicamente articuladas e pactuadas para enfrentar os determinantes sociais e os danos ambientais que afetam a saúde daquela população no sentido da melhoria de sua qualidade de vida.

Palavras-chave:

Bioética, Saúde pública, Atenção básica à saúde. Vigilância em saúde, Território, Ambiente, Determinantes sociais da saúde

Como Citar

1.
Interfaces entre território, ambiente e saúde na atenção primária: uma leitura bioética. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 8º de agosto de 2013 [citado 22º de fevereiro de 2024];21(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/810