Saúde indígena: a bioética como instrumento de respeito às diferenças

Resumo

A atenção à saúde indígena, desde 1999, é organizada em um modelo de atenção diferenciado, o Subsistema de Saúde Indígena, que passa por alterações de gestão que vêm colocando em risco a especificidade dessas ações. A partir da análise da legislação e breve contextualização histórica, este trabalho apresenta, a partir da bioética, argumentos em defesa da política de atenção diferenciada aos indígenas. Os conceitos que embasaram a argumentação reportam-se à Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos, bem como a diferentes autores que trabalham com a perspectiva social e pluralista em bioética, buscando no diálogo a resolução democrática dos conflitos.

Palavras-chave:

Bioética. Saúde Indígena. Gestão da Saúde Indígena. Política de Saúde. Direitos Humanos.

Como Citar

1.
Saúde indígena: a bioética como instrumento de respeito às diferenças. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 5º de setembro de 2012 [citado 22º de fevereiro de 2024];20(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/664