Autonomia pessoal e morte

Autores

  • Inês Motta de Morais

Resumo

Este trabalho faz revisão bibliográfica sobre os temas autonomia, consentimento informado e morte, demonstrando como é polêmico discutir a morte no contexto social e profissional brasileiro. Argumenta que a compreensão do processo de morrer ajudará os
profissionais a amparar os pacientes na sua morte e a respeitar sua dignidade. Aponta também que falar ou pensar sobre esse tema torna-se mais difícil quando não existe mais o que se fazer para aliviar o sofrimento frente à morte iminente. Conclui considerando que neste momento as
pessoas deveriam ter o direito de escolher e decidir com dignidade o seu destino, prolongando sua agonia em leito hospitalar ou morrer na companhia de seus entes queridos.

Palavras-chave:

Bioética. Autonomia pessoal. Consentimento livre e esclarecido. Morte. Comportamento de escolha.

Como Citar

1.
Morais IM de. Autonomia pessoal e morte. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 10º de novembro de 2010 [citado 25º de maio de 2024];18(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/565