Métodos e enfoques na produção de conhecimentos em Bioética, anos 2001-2008, Revista Bioética do Conselho Federal de Medicina, Brasil

Autores

  • Dalva Nazaré Ornelas França
  • Eliane S. Azevêdo

Resumo

Foram examinados os 149 artigos publicados na Revista Bioética, do Conselho Federal de Medicina (CFM), no período de 2001 a 2008. Três variáveis foram analisadas em cada artigo: método científico, enfoque principal e palavras-chave (considerando-se a palavra mais aderente ao enfoque e, também, presente no enunciado do título). Os resultados demonstraram que 127 artigos (85,2%) foram produzidos pelo método teórico-conceitual e 22 (14,8%) por método experimental. Dentre esses últimos, 8 (36,4%) eram empíricos quantitativos e 14 (63,6%) qualitativos. O enfoque
interdisciplinar foi o mais frequente (25,5%), seguido por enfoque em Medicina (24,8%). Duplo enfoque, Medicina e Filosofia (14,8%) e Medicina e Direito (10,1%) superaram enfoques isolados em Filosofia (3,3%) e em Direito (2,0%). As palavras-chave foram distribuídas em dez grupos  temáticos, sendo Ética/Bioética (18,1%), CEP/Ética em Pesquisa (14,1%) e Questões sociais (14,1%) os grupos
mais frequentes. Quanto ao tipo de método, os resultados são comparáveis aos observados em pesquisas internacionais. Enfoque e palavras-chave revelam considerável atenção a questões bioéticas no Brasil. Conclui-se que a construção de saberes divulgados pela Revista Bioética do CFM privilegia a interdisciplinaridade e se mantém atenta a questões bioéticas nacionais.

Palavras-chave:

Publicações seriadas. Bioética. Brasil.

Como Citar

1.
França DNO, Azevêdo ES. Métodos e enfoques na produção de conhecimentos em Bioética, anos 2001-2008, Revista Bioética do Conselho Federal de Medicina, Brasil. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 11º de junho de 2010 [citado 14º de abril de 2024];18(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/542