Orientações bioéticas de justiça distributiva aplicada às ações e aos sistemas de saúde

Autores

  • Paulo Antonio de Carvalho Fortes

Resumo

O artigo apresenta breve reflexão sobre orientações para a análise bioética do princípio da justiça distributiva aplicada às ações e aos sistemas de saúde. Discorre sobre os marcos que
definem as idéias de justiça distributiva e eqüidade em saúde, estabelecendo uma perspectiva histórica sobre o desenvolvimento desses conceitos e contextualizando-os frente à realidade dos
sistemas de saúde. Por fim, analisa à luz da bioética diversos pressupostos de justiça distributiva, conduzindo tal reflexão a considerações sobre a especificidade do Sistema Único de Saúde
(SUS).

Palavras-chave:

Bioética, Justiça, Eqüidade, Sistemas de saúde

Biografia do Autor

Paulo Antonio de Carvalho Fortes

Médico, professor associado da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), presidente da Sociedade
de Bioética de São Paulo (2005-2008), vice-presidente da Sociedade Brasileira de
Bioética (2007 - 2009)

Publicado:

2009-07-03

Downloads

Como Citar

1.
Fortes PA de C. Orientações bioéticas de justiça distributiva aplicada às ações e aos sistemas de saúde. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 3º de julho de 2009 [citado 15º de abril de 2024];16(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/53