Considerações Éticas nos Cuidados Médicos do Paciente Terminal

Autores

  • Jefferson Pedro Piva

Resumo

Os autores discutem a conceituação de paciente terminal, os princípios morais e éticos da atuação médica, e fazem uma análise de possíveis condutas médicas frente ao paciente terminal A discussão do paciente terminal é feita com base na visão bidimensional da linha da vida, em períodos de evolução da doença: salvável, inversão de expectativas, morte inevitável. São invocados os princípios morais da preservação da vida e do alívio do sofrimento, bem como os princípios éticos da beneficência, da não-maleficência, da autonomia e da justiça. É feita uma hierarquização desses princípios éticos e morais, e a sua aplicação de acordo com os períodos de evolução da doença. São também analisadas as possíveis condutas médicas frente ao paciente terminal, tais como não-adoção e/ou retirada de medidas de suporte de vida, ordem de não reanimar, interrupção de tratamento fútil, suspensão de cuidados ordinários e/ou extraordinários, distanásia e eutanásia, de acordo com a hierarquização dos princípios éticos e morais.

Palavras-chave:

Paciente terminal, eutanásia, morte

Publicado:

2009-11-06

Downloads

Como Citar

1.
Piva JP. Considerações Éticas nos Cuidados Médicos do Paciente Terminal. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 6º de novembro de 2009 [citado 20º de abril de 2024];1(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/491