AIDS: Ataque ao Sistema de Defesas Psíquicas

Autores

  • Claudio Cohen
  • Carla Júlia Segre Faiman

Resumo

s autores abordam as conseqüências do diagnóstico de infecção pelo HIV sobre o psiquismo, levando em conta algumas características da AIDS, como a de não existir cura para a doença, e o estigma social que carrega, em razão das formas de contágio. São discutidas, também, as possibilidades e limitações de uma eventual abordagem psicoterapêutica, salientando-se, inclusive, as possíveis dificuldades do profissional de saúde em lidar com pacientes soropositivos, levando em conta a sua própria angústia diante da situação.

Biografia do Autor

Claudio Cohen

Psiquiatra e psicanalista, professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente da Comissão de Bioética do Hospital de Clínicas da FMUSP, São Paulo, Brasil

Publicado:

2009-11-06

Downloads

Como Citar

1.
Cohen C, Faiman CJS. AIDS: Ataque ao Sistema de Defesas Psíquicas. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 6º de novembro de 2009 [citado 15º de julho de 2024];1(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/480