A Fundamentação Antropológica da Bioética

Autores

  • Maria Patrão Neves

Resumo

Tomando como ponto de partida o processo histórico do suprimento da Bioética e os diversos fatores que moldaram o seu desenvolvimento, procuraremos apontar e definir as diferenças mais significativas entre a perspectiva anglo-americana e a perspectiva européia. Colocando-nos ao nível da fundamentação, referiremos alguns dos mais destacados modelos de análise teórica para defender que a tradição personalista e humanista européia conduz à afirmação da antropologia como fundamento da Bioética.

Palavras-chave:

Bioética, antropologia, perspectiva anglo-americana, perspectiva européia, pessoa

Biografia do Autor

Maria Patrão Neves

Professora catedrática de Ética da Universidade dos Açores e coordenadora do Pólo Açores do Centro de Estudos de Bioética

Publicado:

2009-11-04

Downloads

Como Citar

1.
Neves MP. A Fundamentação Antropológica da Bioética. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 4º de novembro de 2009 [citado 25º de maio de 2024];4(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/392