Cuidados paliativos: percepção do ensino e avaliação de conceitos entre estudantes de medicina

Autores

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o conhecimento sobre cuidados paliativos de estudantes do quarto, quinto e sexto anos da graduação em medicina de uma faculdade particular de Belo Horizonte, bem como investigar sua percepções sobre o ensino do tema. Trata-se de estudo transversal observacional com aplicação de questionário on-line para 135 acadêmicos. Dentre os participantes, 40,7% consideram-se preparados para lidar com morte de pacientes e luto dos familiares, 80,7% classificam o próprio nível de conhecimento sobre cuidados paliativos como regular e 77% afirmam não ter recebido informações suficientes sobre o assunto. Ao avaliar conceitos, 20% tiveram desempenho insatisfatório, 48% aceitável e 3% excelente. Acadêmicos de anos mais avançados e que fizeram o internato em saúde do idoso apresentaram melhores respostas. Revelou-se que, apesar de o desempenho dos estudantes ser em geral regular, o internato em saúde do idoso tem impacto positivo na aquisição de conhecimento sobre cuidados paliativos.

Palavras-chave:

Cuidados paliativos. Educação médica. Saúde do idoso. Conhecimento. Geriatria

Como Citar

1.
Duarte Paiva A, Paiva ED, Paulo Henrique Sales Guimarães, Gustavo Vaz de Oliveira Moraes, Maira Tonidandel Barbosa. Cuidados paliativos: percepção do ensino e avaliação de conceitos entre estudantes de medicina. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 23º de janeiro de 2024 [citado 2º de março de 2024];31(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/3435