Bioética Feminista: o Resgate Político do Conceito de Vulnerabilidade

Autores

  • Débora Diniz
  • Dirce Guilhem

Resumo

Este artigo analisa as recentes transformações no campo da teoria bioética. Demonstra como a entrada de perspectivas críticas na Bioética, especialmente do feminismo, vem abalando os pressupostos clássicos da disciplina. Defende ainda o projeto de uma bioética crítica como estratégia compensatória para as diferentes formas de desigualdade social, concluindo ser esta é a forma mais eficaz de tornar possíveis os ideais bioéticos.

Palavras-chave:

Bioética feminista, teoria bioética, vulnerabilidade

Biografia do Autor

Débora Diniz

Doutora em Antropologia pela Universidade de Brasília, professora adjunta da Universidade de Brasília,
pesquisadora do Instituto de Bioética Direitos Humanos e Gênero (Anis) e integrante da diretoria da International
Association of Bioethics (IAB)

Publicado:

2009-11-04

Downloads

Como Citar

1.
Diniz D, Guilhem D. Bioética Feminista: o Resgate Político do Conceito de Vulnerabilidade. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 4º de novembro de 2009 [citado 24º de julho de 2024];7(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/310