Comitês de monitoramento para a proteção de participantes de pesquisa

Autores

Resumo

Resumo O tema segurança tem sido intensamente discutido, mostrando-se cada vez mais relevante na saúde pública e em projetos de pesquisa envolvendo seres humanos. Participantes de estudos clínicos estão sujeitos a riscos, físicos ou não, que impactam em sua integridade, direitos ou autonomia. Este trabalho apresenta e discute a atuação do Comitê de Monitoramento de Dados e de Segurança para a proteção do participante de pesquisa e minimização de riscos em pesquisa clínica. A metodologia consiste em revisão integrativa da literatura, realizada com o propósito de identificar as funções dos comitês e seu papel na proteção dos participantes. Identificou-se que grande parte das publicações analisadas confirmam que os comitês de monitoramento têm como responsabilidade principal a proteção do participante de pesquisa, além da garantia de integridade e credibilidade da pesquisa. 

Palavras-chave:

Comitês de monitoramento de dados de ensaios clínicos. Segurança do paciente. Ética em pesquisa.

Biografia do Autor

Marcelo Nobile Franco, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Farmacêutico. Doutorando do Programa de Pós-graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva.

Como Citar

1.
Franco MN, Kaippert B, Palacios M. Comitês de monitoramento para a proteção de participantes de pesquisa. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 3º de janeiro de 2023 [citado 22º de junho de 2024];30(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/3065