Espiritualidade aplicada à medicina

Autores

Resumo

Resumo Espiritualidade é a força que une os diferentes aspectos componentes do ser e, quando trabalhada, proporciona uma vivência harmônica e promove equilíbrio entre bem-estar físico, social e mental. Nesse sentido, objetivou-se abordar, secularmente, como a espiritualidade é vista na medicina, sua influência na saúde e a percepção de profissionais e pacientes acerca desse assunto. Para tanto, realizou-se revisão narrativa que priorizou buscas na plataforma PubMed por meio dos seguintes descritores: “medicine and spirituality and secularismo” e “placebo effect and spirituality and medicine”. Em seguida foram analisadas fontes referenciadas pela leitura dos artigos primordiais. Percebeu-se que há confusão quanto ao uso do termo espiritualidade e que a capacidade e efetividade do cuidado espiritual prestado por profissionais da saúde são débeis, contrastando com inúmeros benefícios oferecidos por essa atenção, que é uma ferramenta para um trabalho mais ético e humano. 

Palavras-chave:

Medicina. Espiritualidade. Secularismo. Efeito placebo.

Biografia do Autor

Khemilly Bernardino do Carmo, Centro Universitário Presidente Tancredo de Almeida Neves

Sou Khemilly Bernardino do Carmo, 26 anos, acadêmica de medicina do Centro Universitário Presidente Tancredo de Almeida Neves e início o 8° período em agosto de 2021.

Como Citar

1.
do Carmo KB. Espiritualidade aplicada à medicina. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 3º de janeiro de 2023 [citado 21º de julho de 2024];30(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/3023