E-caminho do diálogo: ambientes virtuais como espaço coletivo de construção ética

Autores

Resumo

O papel da bioética na promoção de espaços educativos e deliberativos representa uma demanda para viabilizar a inclusão social de grupos vulneráveis. Neste escopo, e com intuito de validar método de aplicação
da deliberação em ambientes virtuais, realizou-se a terceira versão da ação “O caminho do diálogo”, que promoveu, entre idosos, discussão acerca do impacto da pandemia de covid-19 nos processos de inclusão e, entre acadêmicos de bioética, debate sobre fragilidades, valores éticos, crenças e potencialidades da inclusão da proteção animal, veganismo, crise hídrica, saúde mental, deficiências múltiplas, refugiados, moradores em situação de rua, violência contra mulheres, sexualidade e gênero e educação digital.
Este artigo relata a experiência dessa intervenção e discute a bioética no contexto da deliberação, com intenção não de trabalhar formalmente conceitos de bioética, mas de introduzir a perspectiva bioética pelo diálogo
interdisciplinar como meio de identificar vulnerabilidades e debater soluções para promover a inclusão.

Palavras-chave:

Bioética. Educação. Deliberações. Inclusão social. Vulnerabilidade social.

Biografia do Autor

Marta Luciane Fischer, PUCPR

Docente do Programa de Pós-graduação em Bioética da PUCPR

Docente visitante do Doutorado em Humanidades da Universidade Católica de Moçambique 

Lider do grupo de pesquisa CNPq/PUCPR bioética ambiental

Caroline Filla Rosaneli, PUCPR

Docente do Programa de Pós-graduação em Bioética da PUCPR

Pós-doutora pela Cátedra Unesco de Bioética da UnB

Docente visitante do Doutorado em Humanidades da Universidade Católica de Moçambique 

Marina Kobai Farias, PUCPR

Bióloga pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná

pesquisadora do grupo de pesquisa CNPq/PUCPR bioética ambiental

Gerson Zafalon Martins, SBB

3o Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética

Como Citar

1.
Fischer ML, Rosaneli CF, Farias MK, Martins GZ. E-caminho do diálogo: ambientes virtuais como espaço coletivo de construção ética. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 6º de julho de 2022 [citado 16º de abril de 2024];30(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2918