Desafios em saúde mental durante a pandemia: relato de experiência

Autores

Resumo

A readequação do atendimento em saúde mental durante a pandemia de covid-19 foi facilitada por mudanças na legislação médica vigente. O teleatendimento trouxe oportunidades para tratar, acompanhar e identificar os transtornos mentais de modo diferente. Este artigo tem por objetivo relatar a experiência do serviço de saúde mental de um hospital universitário e da residência médica em psiquiatria durante este período. A assistência ambulatorial incluiu teleatendimento e consultas presenciais conforme a gravidade, e foi criado o projeto Acolhimento em Saúde Mental em Tempos de Pandemia para assistir os profissionais do hospital. Espera-se que no futuro o teleatendimento seja usado como ferramenta para o cuidado em saúde mental, sendo ainda necessário treinar os profissionais e avaliar a qualidade desse recurso.

Palavras-chave:

Pandemias. Infecções por coronavírus. Saúde mental. Consulta remota.

Biografia do Autor

Alfredo Jose Minervino, UFPB

DEPARTAMENTO DE MEDICINA INTERNA

CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

 

Mariana Barbosa Oliveira, UFPB

RESIDENCIA MEDICA EM PSIQUIATRIA 

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA

Ygor Thalles Almeida Bereza, UFPB

RESIDENCIA MÉDICA EM PSIQUIATRIA 

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA

Kaio Aranda Lima Cunha, UFPB

RESIDENCIA MEDICA EM PSIQUIATRIA 

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA

Como Citar

1.
Minervino AJ, Oliveira MB, Bereza YTA, Cunha KAL. Desafios em saúde mental durante a pandemia: relato de experiência. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 24º de fevereiro de 2024];28(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2656