Desafios e conflitos bioéticos da covid-19: contexto da saúde global

Autores

  • Norton Nohama Universidade Federal do Paraná
  • Jefferson Soares Da Silva Genitore Consultoria
  • Daiane Priscila Simão-Silva Instituto para Pesquisa do Câncer

Resumo

A pandemia desencadeada por covid-19, imersa em muitas incertezas, suscita uma série de conflitos éticos. Objetivo, artigo é refletir sobre esses conflitos e sobre os distintos, refletindo no cenário atual. O horizonte da análise crítica é uma bioética global, e o foco do estudo é o Brasil, onde os problemas de saúde decorrentes da covid-19 não têm sido constituídos de forma integrada à diplomacia internacional. No país, a dependência simplista entre saúde e economia tem servido de base para decisões estratégicas e medidas de contenção do vírus. No entanto, as variáveis a se considerar são múltiplas, e é necessário um balizador ético, como a responsabilidade dos agentes políticos quanto ao desfecho de suas decisões.

Palavras-chave:

Responsabilidade pela informação. Coronavírus. Bioética. Risco. Precaução. Diplomacia. Conhecimento.

Biografia do Autor

Norton Nohama, Universidade Federal do Paraná

Mestre em Bioética - Programa de Pós graduação em Bioética - PUCPR

Jefferson Soares Da Silva, Genitore Consultoria

Doutor em teologia pela PUCPR.

Daiane Priscila Simão-Silva, Instituto para Pesquisa do Câncer

Doutora em Genética pela UFPR - Pós doutorado em Bioética pelo programa de Pós graduação em Bioética PUCPR.

Como Citar

1.
Nohama N, Da Silva JS, Simão-Silva DP. Desafios e conflitos bioéticos da covid-19: contexto da saúde global. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 15º de julho de 2024];28(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2594