Modos de agir para resolução de conflitos na atenção primária

Autores

  • Juliana Marin Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Carlos Dimas Martins Ribeiro Universidade Federal Fluminense (UFF)

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar modos de agir de profissionais da Estratégia Saúde da Família na resolução de conflitos bioéticos, tomando como fundamento a teoria do agir comunicativo e a ética do discurso. Foi realizada pesquisa qualitativa com uma equipe de saúde da família, com observação, entrevistas e grupo focal. Os resultados mostram que, diante de conflitos, alguns profissionais agem visando o êxito pessoal, o que deixa o conflito sem solução, latente, fragmentando a equipe. Outros, no entanto, buscam o entendimento por meio do agir comunicativo, visando o êxito coletivo, que se traduz no cuidado do paciente. Quando não são resolvidos entre os intervenientes, os conflitos são levados a reuniões que estimulam o diálogo. 

Palavras-chave:

Atenção primária à saúde. Estratégia saúde da família. Equipe de assistência ao paciente. Bioética. Ética.

Como Citar

1.
Marin J, Ribeiro CDM. Modos de agir para resolução de conflitos na atenção primária. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de junho de 2021 [citado 24º de julho de 2024];29(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2528