Cuidados paliativos: conhecimento de pacientes oncológicos e seus cuidadores

Autores

  • José Humberto Belmino Chaves Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.
  • Laura Marques Angelo Neto Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.
  • Viviane Maria Cavalcante Tavares Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.
  • Lícia Pereira da Silva Tuller Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.
  • Criselle Tenório Santos Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.
  • Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Resumo

O objetivo do estudo é verificar a percepção sobre cuidados paliativos, diretivas antecipadas de vontade e ordem de não reanimar de pacientes oncológicos e seus cuidadores, bem como a relação destes com os profissionais de saúde. Trata-se de pesquisa descritiva quantitativa, realizada entre 2018 e 2019 no Centro de Alta Complexidade em Oncologia de um hospital universitário brasileiro. A amostra contou com 200 participantes (100 pacientes oncológicos e 100 cuidadores informais). Os dados coletados foram armazenados no Microsoft Excel e processados pelo software SPSS. Foi possível observar o desconhecimento dos participantes sobre questões ligadas à terminalidade da vida, bem como o paradoxo entre discordância em relação à distanásia e concordância com a reanimação obstinada. Os resultados também atestam a importância dos profissionais de saúde na percepção dos cuidadores sobre a própria capacidade de exercer essa função. 

Palavras-chave:

Cuidados paliativos. Testamentos quanto à vida. Ordens quanto à conduta (ética médica). Equipe de assistência ao paciente. Cuidadores. Cuidados paliativos. Testamentos quanto à vida. Ordens quanto à conduta (ética médica).

Biografia do Autor

José Humberto Belmino Chaves, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Doutor em Bioética e Ética Médica pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto-Portugal

Laura Marques Angelo Neto, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas.

Viviane Maria Cavalcante Tavares, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas.

Lícia Pereira da Silva Tuller, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas.

Criselle Tenório Santos, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas.

Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho, Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Medicina. Maceió - Alagoas, Brasil.

Doutor em Psicologia Social pela Faculdade de Psicologia da Universidade Federal da Paraíba

Como Citar

1.
Chaves JHB, Neto LMA, Tavares VMC, Tuller LP da S, Santos CT, Coelho JAP de M. Cuidados paliativos: conhecimento de pacientes oncológicos e seus cuidadores. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de setembro de 2021 [citado 2º de março de 2024];29(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2373