Comunicação de más notícias: do ensino médico à prática

Autores

Resumo

“Más notícias” são informações que, quando reveladas, afetam seriamente e d forma adversa a visão de uma pessoa sobre o próprio futuro. O objetivo deste estudo é avaliar a habilidade de comunicação dessas informações entre alunos de medicina. O método utilizado foi a simulação de situação em que os estudantes precisavam transmitir uma má notícia. Avaliou-se a cena interpretada por meio de questionário estruturado, considerando um objetivo primário (comunicar a notícia) e outro secundário (acolhimento do paciente). A amostra foi formada por 60 estudantes, dos quais 96,7% atingiram o objetivo primário e apenas 21,7% atingiram o objetivo secundário (total ou parcialmente). Os estudantes que demonstraram mais cuidado e preocupação com o paciente tiveram melhor desempenho. Conclui-se que a comunicação de más notícias pode ser avaliada com instrumento estruturado, e que a demonstração de cuidado e preocupação se correlaciona de maneira positiva com a qualidade da comunicação. 

Palavras-chave:

Comunicação em saúde. Simulação de paciente. Educação médica.

Biografia do Autor

Ana Paula Rosa Isquierdo, Universidade Federal do Paraná

Acadêmica de Medicina da UFPR.

Como Citar

1.
Isquierdo APR, Bilek ES, do Prado Guirro Úrsula B. Comunicação de más notícias: do ensino médico à prática. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de junho de 2021 [citado 25º de junho de 2024];29(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2370