Bioética e seus paradigmas teóricos

Autores

  • Paulo Henrique Burg Conti Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS
  • Paulo Vinícius Sporleder de Souza Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS

Resumo

O artigo busca contribuir para a compreensão da história e dos modelos teóricos da bioética por meio de abordagem interdisciplinar que engloba diversas áreas do conhecimento, em especial história e filosofia. Num primeiro momento, o trabalho procura caracterizar o panorama histórico de surgimento
da bioética, as questões terminológicas surgidas nesse período e o enquadramento da bioética como disciplina ou campo de discursividade. Posteriormente, o texto apresenta os principais paradigmas teóricos da bioética e os analisa criticamente.

Palavras-chave:

Bioética. História. Biotecnologia.

Biografia do Autor

Paulo Henrique Burg Conti, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS

Doutor em Ciências Criminais (PUCRS), com estágio doutoral no Centre for Advanced Study in Bioethics - Universität Münster (Alemanha).

Graduado em Direito (UFRGS).

Atualmente é Pós-doutorando junto ao Programa de Pós-graduação em Ciências Criminais (PUCRS) e advogado.

Membro da Sociedade Brasileira de Bioética e da Sociedade Riograndense de Bioética

Paulo Vinícius Sporleder de Souza, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS

Doutor em Ciências Jurídico-Criminais pela Universidade de Coimbra (Portugal). 

Graduado em Direito (PUCRS).

Professor titular do Programa de Pós-graduação em Ciências Criminais da PUCRS. Advogado.

Membro da Sociedade Brasileira de Bioética e da Sociedade Riograndense de Bioética

Como Citar

1.
Burg Conti PH, Sporleder de Souza PV. Bioética e seus paradigmas teóricos. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 14º de dezembro de 2021 [citado 22º de fevereiro de 2024];29(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2369