Repercussões dos cuidados paliativos pediátricos: revisão integrativa

Autores

  • Amanda Andrade Aguiar de Pinho Hospital Infantil Albert Sabin
  • Isabel Regiane Cardoso do Nascimento Hospital Infantil Albert Sabin
  • Igor Weyber da Silva Ramos Universidade de Fortaleza
  • Vanilla Oliveira Alencar Hospital Infantil Albert Sabin

Resumo

O artigo visa discutir os efeitos dos serviços de cuidados paliativos pediátricos sobre a instituição hospitalar e a qualidade de vida de pacientes e seus familiares. Para isso, o texto traz resultados de revisão integrativa de literatura que considerou 14 artigos publicados de 2013 a 2018. Nos estudos analisados sobressaíram os seguintes aspectos: eficácia dos cuidados paliativos pediátricos; diminuição dos custos hospitalares após a implantação do serviço; importância da equipe interdisciplinar; necessidades educacionais dos profissionais da saúde; e impacto na qualidade de vida de pacientes e familiares. Conclui-se que os cuidados paliativos pediátricos proporcionam cuidado transversal e devem ser reconhecidos como serviço especializado e indispensável para pacientes pediátricos com doenças incuráveis.

Palavras-chave:

Cuidados paliativos. Pediatria. Serviços de saúde. Assistência hospitalar.

Biografia do Autor

Amanda Andrade Aguiar de Pinho, Hospital Infantil Albert Sabin

Graduada em Medicina pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Médica Residente em Pediatria no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS). Fortaleza, CE, Brasil.

Isabel Regiane Cardoso do Nascimento, Hospital Infantil Albert Sabin

Mestre em Gestão em Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Ceará. Psicóloga da Equipe de cuidados paliativos pediátricos do Hospital Infantil Albert Sabin. Fortaleza, CE, Brasil.

Igor Weyber da Silva Ramos, Universidade de Fortaleza

Graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. Fortaleza, CE, Brasil.

Vanilla Oliveira Alencar, Hospital Infantil Albert Sabin

Graduada em psicologia pra universidade de fortaleza. Psicóloga Residente do programa de residência integrada em saúde com ênfase em pediatria da escola de saúde pública do Ceará em parceira com o Hospital Infantil Albert Sabin. Fortaleza, CE, Brasil.

Como Citar

1.
de Pinho AAA, Nascimento IRC do, Ramos IW da S, Alencar VO. Repercussões dos cuidados paliativos pediátricos: revisão integrativa. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 24º de fevereiro de 2024];28(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2111