Bioética, saúde e realidade brasileira

Autores

  • Christhian de Paul Barchifontaine Christhian de Paul Barchfontaine- PHD em ciências da enfermagem pela universidade católica do porto em Portugal.
  • Marcos Aurélio Trindade Aurélio Trindade Marcos Aurélio Trindade - Graduado em Filosofia com o Título Bacharel e licenciatura plena pela FAPCOM-Faculdade Paulus de comunicação e graduando em Psicologia. http://orcid.org/0000-0003-1847-5066

Resumo

Este artigo propõe abordagem social, crítica, ativa, humanista, justa e eficaz no combate às desigualdades do sistema de saúde. Busca-se discutir formas de sanar os problemas da assistência no país a partir de análise sociológica que considera questões de classe. A saúde é aqui discutida como direito inalienável de todo cidadão, com base nos princípios da inclusão, universalidade, integralidade e equidade, propondo metas para uma bioética que rompa com as causas de desequilíbrio na assistência. São enfatizados o bem comum e a ética da vida, ressaltando a importância da solidariedade e da busca da igualdade entre os seres humanos.

 

Palavras-chave:

Bioética. Saúde. Equidade em saúde-Sociedade civil. Participação da comunidade. Direitos humanos.

Biografia do Autor

Marcos Aurélio Trindade Aurélio Trindade, Marcos Aurélio Trindade - Graduado em Filosofia com o Título Bacharel e licenciatura plena pela FAPCOM-Faculdade Paulus de comunicação e graduando em Psicologia.

Biografia do Pe. Phd.Christian de Paul de Barchifontaine- Possui graduação em Enfermagem - Institut de Nursing Sainte Elisabeth (1972), graduação em Filosofia - Seminário de Tournai (1969), graduação em Teologia - Seminário de Bruxelas (1975), Mestrado em Administração Hospitalar e da Saúde pelo Centro Universitário São Camilo (1989) e Doutor em Enfermagem, na especialidade de Educação em Enfermagem pela Universidade Católica Portuguesa. Ex Superintendente da União Social Camiliana e Superintendente do Círculo Social São Camilo, membro do Conselho Superior da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, presidente da Sociedade de Bioética de São Paulo, membro do comitê de ética e pesquisa do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, membro da Câmara Técnica de Bioética do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo e diretor de segmento centro universitário do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimento de Ensino Superior no Estado de São Paulo. Consultor Internacional dos Camilianos na área da Saúde. Atualmente, Relações Públicas das Organizações Camilianas. É professor de Bioética, inclusive no Programa de Stricto Sensu Mestrado e Doutorado em Bioética do Centro Universitário São Camilo; Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem de Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: bioética, administração hospitalar, pastoral da saúde, ética da vida e reabilitação. Biografia de Marcos Aurélio Trindade: Graduado em filosofia, com o título de bacharel e licenciatura plena pela FAPCOM. Graduando em psicologia pela PUC-MG. Tem experiencia com ênfase na filosofia da educação, história geral, história da psicologia, bases fenomenológicas existenciais, bioética e etc. Atualmente realiza pesquisas em torno das áreas supracitadas para o enaltecimento do progresso científico.

Como Citar

1.
Barchifontaine C de P, Trindade MATA. Bioética, saúde e realidade brasileira. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 20º de setembro de 2019 [citado 25º de maio de 2024];27(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1878