Conflitos nas relações de trabalho entre professores universitários

Autores

  • Vagner Ferreira do Nascimento Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT http://orcid.org/0000-0002-3355-163X
  • Ana Maria Lombardi Daibem Centro Universitário São camilo
  • Márcio Fabri dos Anjos Centro Universitário São Camilo

Resumo

Trata-se de estudo descritivo-interpretativo de abordagem qualitativa, realizado em universidade pública de Mato Grosso, que teve como objetivo conhecer os conflitos nas relações de trabalho entre professores universitários. O estudo ocorreu entre janeiro e abril de 2017, por meio de entrevista semiestruturada guiada por roteiro pré-testado, elaborado pelos próprios pesquisadores. Os dados foram examinados com base na análise de conteúdo. Foi observada no ambiente universitário a presença constante de conflitos, desonestidade, exclusão, exigências/(auto)cobranças excessivas e indiferença ao trabalho coletivo, o que prejudica o pleno desenvolvimento das atividades docentes. Conclui-se que promover relações de trabalho mais harmoniosas, pautadas no diálogo, no respeito ao outro e a seu trabalho e na mediação dos conflitos pode ajudar a superar esse cenário.

 

Palavras-chave:

Bioética. Docentes. Relações interpessoais.

Biografia do Autor

Vagner Ferreira do Nascimento, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Doutor. Docente Adjunto da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Campus Universtiário de Tangará da Serra. Departamento de Enfermagem.

Ana Maria Lombardi Daibem, Centro Universitário São camilo

Doutora. Docente permanente dos Programas de Pós Graduação Stricto Sensu em BIOÉTICA e em Nutrição do Centro Universitário São Camilo.

Márcio Fabri dos Anjos, Centro Universitário São Camilo

Doutor. Docente permanente do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em BIOÉTICA do Centro Universitário São Camilo.

Como Citar

1.
Ferreira do Nascimento V, Lombardi Daibem AM, Fabri dos Anjos M. Conflitos nas relações de trabalho entre professores universitários. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 19º de dezembro de 2019 [citado 16º de abril de 2024];27(4). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1815