Princípios da clínica na rua e os funcionamentos do crack

Autores

  • Erick Araujo
  • Fermin Roland Schramm

Resumo

A partir de etnografia realizada com equipe de Consultório na Rua da cidade do Rio de Janeiro em seus encontros com pessoas em cenas de uso de crack, apresentam-se: seu modo de funcionamento por meio de princípios; as consequências desse modo sobre as pessoas que busca atender; e outros saberes acerca do crack que emergem a partir desse encontro entre um serviço de saúde e usuários de tal substância. Conclui-se que o Consultório na Rua instaura aberturas para que aquelas pessoas que se tornam suas usuárias o transformem, fazendo-o acolher vidas cada vez mais heterogêneas. Dessa forma, torna-se capaz de ampliar o acesso ao Sistema Único de Saúde, calcando um caminho para que este seja cada vez mais permeável às diferenças.

Palavras-chave:

Pessoas em situação de rua. Cocaína crack. Sistema Único de Saúde.

Como Citar

1.
Araujo E, Schramm FR. Princípios da clínica na rua e os funcionamentos do crack. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 5º de dezembro de 2017 [citado 29º de fevereiro de 2024];25(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1422