Caracterização de protocolos de pesquisa: um estudo na Paraíba, Brasil

Autores

  • Genésio José da Silva
  • Maria Luiza da Costa Santos

Resumo

O artigo apresenta a caracterização da totalidade dos protocolos de pesquisa apreciados pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Federal da Paraíba (CEP/IFPB), desde sua fundação, em 2008, até 2014. Trata-se de estudo descritivo e documental, na modalidade estudo de caso. Dos 228 protocolos apreciados, 82,02% foram aprovados. As áreas de conhecimento predominantes foram ciências humanas (21,05%) e ciências sociais aplicadas (21,05%), e o campus de João Pessoa, do IFPB, foi o que teve o maior número de protocolos
apreciados (35,52%). Os pesquisadores responsáveis pelos protocolos de pesquisa eram, majoritariamente, professores (86,84%), e 52,63% possuíam titulação de mestre, com incidência predominante de um protocolo por pesquisador. Concluiu-se que, ao apreciar a eticidade dos protocolos submetidos, o CEP/IFPB fomenta a reflexão ética nas pesquisas científicas, contribuindo para o desenvolvimento de estudos norteados por padrões
éticos e para maior proteção ao participante da pesquisa.

Palavras-chave:

Ética. Comitês de ética em pesquisa. Protocolos.

Como Citar

1.
da Silva GJ, Santos ML da C. Caracterização de protocolos de pesquisa: um estudo na Paraíba, Brasil. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 29º de março de 2016 [citado 1º de março de 2024];24(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1059