Editorial

Autores

  • Clóvis Francisco Constantino Conselho Federal de Medicina

Resumo

Se a única certeza que cada ser humano pode ter na vida é a de sua própria morte, é paradoxal que vivamos em uma sociedade que tenha tanta dificuldade em lidar com esse fenômeno existencial. Embora qualquer um possa compreender a tenacidade com que cada pessoa se agarra à vida e sentir o pavor que pensar na própria morte desperta, nossa cultura considera falar na morte algo “mórbido” e, mesmo pensar nela pode ser o prenúncio da queda no abismo da depressão; pode estar sinalizando a ideia do suicídio.

Palavras-chave:

editorial, bioética

Biografia do Autor

Clóvis Francisco Constantino, Conselho Federal de Medicina

pediatra, diretor do Conselho Federal de Medicina (2004/2009), presidente do Departamento de Bioética da Sociedade Brasileira de Pediatria, presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo (1998-2000), presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (2003-2004), consultor de Bioética e membro do Centro de Estudos do Conjunto Hospitalar do Mandaqui/SP.

Como Citar

1.
Constantino CF. Editorial. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 6º de julho de 2009 [citado 14º de abril de 2024];17(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/86