Uso abusivo e dependência de drogas lícitas: uma visão bioética


Resumo


O consumo indevido de drogas lícitas, especialmente de medicamentos, aumenta significativamente em todo o mundo. Este estudo objetiva abordar questões que envolvem o uso abusivo e a dependência das medicações, sob a perspectiva bioética. Consiste em uma revisão crítica a partir das bases de dados da SciVerse Scopus e da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Após a leitura do material selecionado, foram identificados alguns dilemas bioéticos na relação profissional-paciente, nas pesquisas com seres humanos e, por fim, nos interesses de mercado. Conclui-se que os principais achados referem-se ao poder da influência midiática como definidora de padrões de consumo de medicações, à perda da autonomia do paciente quando se torna usuário abusivo ou dependente, interferindo na sua relação de confiança com o profissional de saúde, além dos interesses econômicos das indústrias farmacêuticas relacionados aos ensaios clínicos e à manipulação a partir de interesses pessoais de alguns profissionais de saúde.

Palavras-chave


Transtornos relacionados ao uso de substâncias;Detecção do abuso de substâncias;Preparações farmacêuticas;Controle de medicamentos e entorpecentes;Bioética

Texto completo:

PDF PDF (English)


CC-BY. Creative Commons Attribution 4.0 International.