Relação radiologista-paciente no exame ultrassonográfico obstétrico sob o enfoque bioético


Resumo


Este trabalho objetivou conhecer a relação radiologista-paciente durante os exames de ultrassonografia obstétrica sob os pontos de vista materno e do radiologista, com enfoque do principialismo. Com abordagem qualitativa, exploratória e transversal foram entrevistadas 10 gestantes e 10 radiologistas, mediante entrevista semiestruturada, gravada e transcrita literalmente. As diretrizes metodológicas do Discurso do Sujeito
Coletivo (DSC) foram utilizadas para a seleção das ideias centrais e das expressões-chave. Foram identificadas as seguintes representações sociais por parte das gestantes: “informações sobre o feto”, “dia do parto”, “orientação sobre o exame”, “expectativa negativa superada”, “bondade”, “tratar bem”, “pouca expectativa” e “atenção”. E por parte dos radiologistas: “tranquilizar a paciente”, “administrar situações”, “tratar bem” e “atenção, respeito, confiança e carinho” para com a paciente. Constatou-se que na relação radiologistapaciente os conhecimentos técnicos específicos, o relacionamento humano e os cuidados com a gestante são imprescindíveis para a valorização da vida humana e dos preceitos bioéticos.

Palavras-chave


Relações médico-paciente. Radiologia. Ultrassonografia. Obstetrícia. Bioética

Texto completo:

PDF PDF (English)


CC-BY. Creative Commons Attribution 4.0 International.