Desafios para uma bioética clínica interétnica: reflexões a partir da política nacional de saúde indígena


Resumo


O artigo analisa os desafios para a construção de uma bioética clínica com possibilidade de atuação em contextos interculturais e/ou interétnicos, tomando como objeto as relações estabelecidas entre profissionais de saúde e pacientes membros das comunidades indígenas em torno da implantação da Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas. No plano teórico são propostas duas vias para esta construção: uma de conteúdo antropológico centrada em noções fundamentais de Antropologia da Saúde; outra de filosofia moral centrada na teoria da ação comunicativa e na ética da discussão de Habermas. No plano prático, são propostos cursos de especialização contemplando os conteúdos teóricos defendidos e uma urgente reforma curricular dos cursos de graduação na área da saúde.

Palavras-chave


Bioética. Saúde indígena. Antropologia. Política de saúde. Cultura.

Texto completo:

PDF PDF (English)


CC-BY. Creative Commons Attribution 4.0 International.