Por uma Ética do Gerenciamento dos Conflitos

Autores

  • Rejane Maria de Freitas Xavier

Resumo

Na "condição pós-moderna", fragmentária e plural da sociedade contemporânea, a gestão dos recursos em saúde tem de enfrentar conflitos inéditos. O que torna peculiar a situação da nossa época não é a falta de um corpo formal de princípios bioéticos básicos, mas a ausência de um marco comunitário universalmente compartilhado que proporcione aos mesmos um conteúdo substantivo homogêneo. Pela primeira vez na história aceita-se, dentro da sociedade, a oposição entre pontos de vista que, embora inconciliáveis, são reconhecidos como igualmente legítimos e respeitáveis. Sugere-se que nas decisões e na implementação das políticas de alocação de recursos a abertura para uma ampla participação dos diferentes grupos e agentes sociais seria a melhor forma de contribuir, neste campo, para recriar uma nova base comunitária, não-homogeneizante, capaz de fundar uma ética do gerenciamento do conflito legítimo, única adequada e possível para o nosso tempo.

Palavras-chave:

Ética, conflito, marco comunitário, pós-modernidade

Publicado:

2009-11-04

Downloads

Como Citar

1.
Xavier RM de F. Por uma Ética do Gerenciamento dos Conflitos. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 4º de novembro de 2009 [citado 15º de julho de 2024];5(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/370