Metodologia ativa na educação permanente para abordar ética e bioética

Márcia dos Santos Pereira, Carla Aparecida Spagnol, Eliane Marina Palhares Guimarães, Solange Cervinho Bicalho Godoy, Soleane Franciele da Silva, Jéssica Gabrielle Rossi Silva

Resumo


Mediante pesquisa qualitativa com a técnica do discurso do sujeito coletivo, este estudo analisa a educação à distância como metodologia ativa na educação permanente de equipe de enfermagem de hospital universitário de Minas Gerais. Coletados por meio de questionário e de grupo focal, os dados foram organizados conforme três ideias centrais que emergiram nas reuniões. Para os participantes da pesquisa, a modalidade à distância pode ser considerada uma metodologia ativa de ensino que possibilita intervenções no trabalho, desde que haja infraestrutura necessária para o desenvolvimento do processo de trabalho e realização das capacitações no ambiente laboral. Para concluir, ressalta-se a importância do trabalhador da enfermagem ser sujeito ativo do seu processo de ensino-aprendizagem, utilizando a educação permanente em saúde para prestar assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde de forma integral, ética e segura.

 

 


Palavras-chave


Educação à distância. Educação continuada. Sistema Único de Saúde. Capacitação profissional. Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (Español) PDF (English)


CC-BY. Creative Commons Attribution 4.0 International.