Fadiga e satisfação por compaixão em profissionais oncológicos: revisão integrativa

Autores

  • Ana Paula Neroni Stina Saura Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP http://orcid.org/0000-0003-2480-9667
  • Izabel Alves das Chagas Valóta Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP
  • Maiara Rodrigues dos Santos Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP
  • Rodrigo Marques da Silva Faculdade de Ciências e Educação de Sena Aires
  • Ana Lucia Siqueira Costa Calache Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP

Resumo

Este artigo busca identificar fatores que podem promover ou prejudicar a qualidade de vida profissional dos profissionais oncológicos segundo critérios de fadiga e satisfação por compaixão. Utilizou-se estudo bibliográfico descritivo, tipo revisão integrativa, sem recorte temporal. Utilizaram-se as bases de dados CINAHL, Embase, Web of Science, PsycINFO, Scopus, MEDLINE e Biblioteca Virtual em Saúde para a pesquisa analisada por três revisores independentes. Incluíram-se estudos primários nos idiomas
português, inglês e espanhol. Realizaram-se análise para alcançar os objetivos propostos neste estudo e síntese dos dados para a apresentação em tabelas e categorias temáticas. Como resultados, selecionaram-se 18 artigos para análise entre os 909 encontrados. Evidenciou-se que fatores sociodemográficos, internos e externos aos indivíduos podem alterar a qualidade de vida profissional. Concluiu-se que características intrínsecas e subjetivas, bem como aspectos do ambiente de trabalho,
contribuíram para o desenvolvimento da fadiga por compaixão e da satisfação por compaixão.

Palavras-chave:

Fadiga por compaixão. Esgotamento profissional. Enfermagem oncológica. Qualidade de vida. Neoplasias. Pessoal de saúde.

Biografia do Autor

Ana Paula Neroni Stina Saura, Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Saúde do Adulto da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo

Izabel Alves das Chagas Valóta, Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Saúde do Adulto da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo

Maiara Rodrigues dos Santos, Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP

Professora do Departamento de Enfermagem Materno- Infantil e Psiquiátrica da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP)

Rodrigo Marques da Silva, Faculdade de Ciências e Educação de Sena Aires

Professor da Faculdade de Ciências e Educação de Sena Aires.

Ana Lucia Siqueira Costa Calache, Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo -EEUSP

Professora Sênior Associada do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Saúde do Adulto da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo

Como Citar

1.
Saura APNS, Valóta IA das C, dos Santos MR, da Silva RM, Calache ALSC. Fadiga e satisfação por compaixão em profissionais oncológicos: revisão integrativa. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 15º de maio de 2023 [citado 22º de junho de 2024];31(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/3073