Atuação harmônica de equipe multidisciplinar de saúde: desinternação humanizada

Autores

Resumo

Este relato de caso clínico descreve e analisa uma experiência de desinternação infantil prolongada em um hospital público a partir da atuação harmônica de equipe multidisciplinar de saúde. Além da revisão de literatura, realizou-se estudo qualitativo de finalidade descritiva e exploratória com utilização de técnicas de pesquisa bibliográfica e documental mediante levantamento retrospectivo em prontuários. Os resultados foram discutidos a partir de três categorias: vulnerabilidades físicas, sociais, psicológicas e éticas das doenças crônicas incapacitantes; atuação da equipe multidisciplinar na desinstitucionalização; e políticas de saúde de atenção domiciliar. Concluiu-se que o processo foi capaz de reduzir o tempo de internação e a quantidade de reinternações futuras, reduzir os gastos ao sistema de saúde e reinserir o paciente na comunidade e no âmbito familiar, proporcionando, assim, melhor estruturação do sistema, bem como atendimento humanizado centrado no indivíduo e na família.

Palavras-chave:

Desinstitucionalização. Equipe de assistência ao paciente. Doença crônica. Criança. Distrofias musculares.

Biografia do Autor

Lissa Horiguchi, Centro Universitário São Camilo

Graduanda no Curso de Medicina do Centro Universitário São Camilo - ano de formação: 2020.

Como Citar

1.
Horiguchi L, Carvalho LL, Umeda E, Borba M. Atuação harmônica de equipe multidisciplinar de saúde: desinternação humanizada. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 18º de outubro de 2022 [citado 14º de junho de 2024];30(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2701