Atuação da equipe de saúde nos cuidados paliativos pediátricos

Wesley Coelho da Silva, Elainne Maria da Silva Rocha

Resumo


Por meio de revisão narrativa da literatura, este artigo discute e suscita reflexões a respeito das relações de cuidado estabelecidas entre criança, família e equipe de saúde no contexto dos cuidados paliativos pediátricos. Compreende-se que o adoecimento crônico implica desequilíbrios físicos, sociais, psicológicos e espirituais para a criança, todavia uma doença grave que ameaça a vida ultrapassa os limites do seu corpo e repercute também no âmbito familiar e afetivo, de modo que a família, engendrada historicamente como responsável pelo cuidado, também necessita de atenção em saúde.
Portanto, este texto debruça-se sobre o sofrimento sociofamiliar, reforçando a compreensão humanizada, ensejada pelos cuidados paliativos, de paciente e família como uma unidade de cuidados.


Palavras-chave


Cuidados paliativos. Família. Relações profissional-família. Cuidado da criança. Humanização da assistência.

Texto completo:

PDF PDF (English) PDF (Español)


CC-BY. Creative Commons Attribution 4.0 International.