Autonomia do enfermeiro no cuidado à pessoa com lesão crônica

Autores

Resumo

O presente estudo reflete sobre a autonomia do enfermeiro no cuidado à pessoa com lesão crônica. O trabalho em enfermagem é influenciado por dimensões tecnológicas e definido pela responsabilidade profissional e o compartilhamento de atividades com outras categorias, fatores que impactam diretamente a autonomia do enfermeiro no tratamento de lesões crônicas. Por isso, é importante reconhecer as competências e limitações do trabalho desse profissional, de modo a reorientar condicionamentos. A autonomia do enfermeiro não deve se sobrepor à autonomia do paciente. Mediante ações educativas, deve-se considerar a heterogeneidade de papéis para assegurar a integridade do paciente e garantir a adesão terapêutica, enfatizando a importância da corresponsabilidade no processo de cura.

 

Palavras-chave:

Ferimentos e lesões. Bioética. Ética profissional. Jurisprudência. Competência profissional. Cuidados de enfermagem. Autonomia profissional.

Biografia do Autor

Benedito Fernandes da Silva Filho, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Enfermeiro do SAMU 192 Camaçari - Bahia. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil

Caroline Borges Duque, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil.

Sérgio Donha Yarid, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Doutor. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil.

Edison Vitório de Souza Júnior, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Enfermeiro. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil. 

Edite Lago da Silva Sena, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Doutora. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil.  

Rita Narriman Silva de Oliveira Boery, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Doutora. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Jequié, Bahia, Brasil. 

Como Citar

1.
Silva Filho BF da, Duque CB, Yarid SD, Souza Júnior EV de, Sena EL da S, Boery RNS de O. Autonomia do enfermeiro no cuidado à pessoa com lesão crônica. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 21º de setembro de 2021 [citado 28º de fevereiro de 2024];29(3). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/2297