O professor como cuidador

Alfredo Cataldo Neto, Jacqueline Poersch Moreira, Ângela Pratini Seger, Gilze de Moraes Rodrigues, Jairo Melo Araújo, Jurema Kalua Potrich, Maria Lucia de Moraes

Resumo


O presente artigo foi escrito pelos integrantes da equipe do Centro de Atenção Psicossocial (CAP), ligado à Pró-Reitoria de Ações Comunitárias da Pontifícia Universidade Católica (PUCRS). Traz pequena reflexão a respeito do mito de Quiron como mestre e cuidador, articulando-o à função do professor em suas principais atribuições junto aos alunos ou 'discípulos'. A seguir, apresenta considerações a respeito das atribuições do professor, principalmente no que se refere ao cuidado com
o estudante tanto do ponto de vista pedagógico quanto do aspecto saúde, e na concepção de bemestar em todos os aspectos existenciais. Prossegue com apontamentos em relação aos cuidados que o professor precisa ter consigo próprio para exercer seu magistério em plenitude. Finaliza com algumas considerações sintetizadoras das idéias apontadas ao longo do artigo, complementando com breve apresentação do trabalho realizado no CAP, equipe que acolhe e procura cuidar da saúde de colegas e estudantes no âmbito universitário.

Palavras-chave


Formação profissional; Relação cuidador-cuidado

Texto completo:

PDF