Questões éticas no processo de cuidar: o olhar de naturólogos

Autores

  • Juanah Oliveira Debetio Curso de Naturologia. Universidade do Sul de Santa Catarina.
  • Silvia Cardoso Bittencourt Curso de Medicina. Universidade do Sul de Santa Catarina.
  • Fernando Hellmann Departamento de Saúde Pública. Universidade Federal de Santa Catarina. http://orcid.org/0000-0002-4692-0545
  • Vanessa Putton Curso de Naturologia. Universidade do Sul de Santa Catarina.

Resumo

A naturologia está pautada no cuidado à saúde humana por meio de práticas integrativas, sobretudo com elementos da natureza, visando manter e recuperar a saúde em processo humanizado. Este artigo objetiva conhecer problemas éticos vivenciados por naturólogos na prática assistencial e saber como esses profissionais buscam solucioná-los, à luz da ética do cuidado. Trata-se de pesquisa qualitativa com entrevistas semiestruturadas cujas respostas foram tratadas por análise de conteúdo. A partir dessas entrevistas foram criadas as seguintes categorias de análise: “limites do cuidar”; “relações interprofissionais”; e “limites da atuação profissional”. Verificou-se ocorrência de conflitos éticos tanto na relação direta do cuidado quanto em situações indiretas, como aquelas que envolvem outros profissionais, colegas de profissão e sociedade. Os entrevistados destacaram que o campo da naturologia ainda não está bem definido e que, muitas vezes, conflitos éticos aparecem por falta de limites claros de atuação.

Palavras-chave:

Bioética. Ética. Terapias complementares. Assistência integral à saúde. Ética profissional.

Biografia do Autor

Juanah Oliveira Debetio, Curso de Naturologia. Universidade do Sul de Santa Catarina.

Estudante de Naturologia. Universidade do Sul de Santa Catarina.

Silvia Cardoso Bittencourt, Curso de Medicina. Universidade do Sul de Santa Catarina.

Médica. Mestre em Saúde Pública. Doutora em Ciências Humanas. Professora do Curso de Medicina da Universidade do Sul de Santa Catarina.

Fernando Hellmann, Departamento de Saúde Pública. Universidade Federal de Santa Catarina.

Naturólogo. Formação em Bioética Clínica e Social pela Red Latino-Americana y del Caribe de Bioética de la UNESCO (2011). Aperfeiçoamento em Bioética Aplicada às Pesquisas com Seres Humanos, FIOCRUZ (2012). Mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Doutorado em Saúde Coletiva pela UFSC (2014) na linha de pesquisa Bioética.

Vanessa Putton, Curso de Naturologia. Universidade do Sul de Santa Catarina.

Estudante do Curso de Naturologia.

Como Citar

1.
Debetio JO, Bittencourt SC, Hellmann F, Putton V. Questões éticas no processo de cuidar: o olhar de naturólogos. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 20º de março de 2018 [citado 29º de fevereiro de 2024];26(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1466