Conceitos de vulnerabilidade humana e integridade individual para a bioética

Autores

  • Talita Cavalcante Arruda de Morais Programa de Pós-Graduação em Bioética - Universidade de Brasília
  • Pedro Sadi Monteiro Universidade de Brasília

Resumo

Este artigo consiste em revisão bibliográfica dos significados e conceitos de vulnerabilidade e integridade nos documentos internacionais mais significativos para a bioética. Também é objetivo deste artigo apresentar as categorias de classificação de vulnerabilidades mais utilizadas. Avanços tecnológicos e a multiplicação de pesquisas clínicas no século XX suscitaram novas formas de vulnerabilidade e deixaram mais evidentes aquelas causadas por determinantes sociais, políticos e ambientais, isto é, a vulnerabilidade social. A bioética de
intervenção é proposta que pode ser utilizada por países periféricos para enfrentar o problema dos excluídos sociais mediante prudência, prevenção, precaução e proteção. A bioética latino-americana foi importante para
ampliar a compreensão sobre conflitos morais em saúde e gerar politização, possibilitando a construção de uma bioética global, na qual a vulnerabilidade pode ser trabalhada agregando diferentes perspectivas para enfrentar problemas comuns.

Palavras-chave:

Bioética. Relativismo ético. Ética baseada em princípios. Vulnerabilidade em saúde. Vulnerabilidade social.

Biografia do Autor

Talita Cavalcante Arruda de Morais, Programa de Pós-Graduação em Bioética - Universidade de Brasília

Programa de Pós-Graduação em Bioética - Universidade de Brasília

Como Citar

1.
Morais TCA de, Monteiro PS. Conceitos de vulnerabilidade humana e integridade individual para a bioética. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 1º de agosto de 2017 [citado 23º de abril de 2024];25(2). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/1337