Pesquisadores em gerontologia e consentimento informado

Autores

  • José Roberto Goldim
  • Rosana Soibelmann Glock

Resumo

O presente artigo apresenta os resultados de um estudo transversal, não-controlado, realizado no Sul do Brasil com os pesquisadores responsáveis pela elaboração dos Termos de Consentimento Informado de projetos de pesquisa em gerontologia previamente aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa, em desenvolvimento com sujeitos de pesquisa idosos. Foi analisada a opinião dos pesquisadores a respeito e avaliados os Termos de Consentimento por eles elaborados. Utilizandose o índice de legibilidade verificou-se que 83% dos Termos de Consentimento Informado utilizados apresentaram estrutura de texto considerada difícil, existindo uma ambigüidade na avaliação da dificuldade dos documentos  utilizados, já que 100% dos pesquisadores consideraram o Termo de Consentimento acessível.

Palavras-chave:

bioética, gerontologia, consentimento informado, idosos

Biografia do Autor

José Roberto Goldim

Doutor em Medicina: Bioética; professor da PUCRS; biólogo do Grupo de Pesquisa e Pós- Graduação do Hospital de Clínicas de Porto Alegre; integrante do Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS

Rosana Soibelmann Glock

Mestre em Gerontologia Biomédica: Bioética/Ética em Pesquisa; professora da PUCRS, pesquisadora do Instituto de Geriatria e Gerontologia da PUCRS; integrante do Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS

Publicado:

2009-09-15

Downloads

Como Citar

1.
Goldim JR, Glock RS. Pesquisadores em gerontologia e consentimento informado. Rev. bioét.(Impr.). [Internet]. 15º de setembro de 2009 [citado 15º de junho de 2024];12(1). Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/revista_bioetica/article/view/117