Análise bioética da percepção da solidariedade na ação do voluntariado

Felipe Gomes Penteado, Leonardo Eustáquio Sant'Anna da Silva, Renata Dias Carneiro Rodrigues, Mauro Machado do Prado, João Geraldo Bugarin Júnior

Resumo


O presente artigo consiste em uma análise da percepção de solidariedade por voluntários de uma instituição filantrópica do Distrito Federal voltada para o auxílio às famílias que possuem crianças em tratamento de câncer. Para tanto, aplicou-se questionários aos voluntários ligados à instituição e também participantes de uma promoção filantrópica de uma cadeia internacional de fast food. Analisou-se, segundo a bioética, se o engajamento dos mesmos ocorreu por questão de solidariedade, caridade ou compaixão. A referência conceitual para a presente análise é a de que a solidariedade consiste em uma ação crítica, comprometida e em consonância com vários princípios bioéticos. O estudo fez perceber que os voluntários compreendem a solidariedade como um processo embasado em responsabilidade social e que têm consciência de que suas ações são importantes para a sociedade.

Palavras-chave


bioética; solidariedade; voluntariado

Texto completo:

PDF