A bioética de intervenção em contextos descoloniais


Resumo


O presente artigo pretende mostrar o alinhamento da bioética de intervenção com as propostas descoloniais, entendidas como críticas e alternativas ao modo de operação da lógica da colonialidade. O vínculo da referida proposta bioética com as críticas ao padrão de poder colonial ocorre por meio da proposição da vinculação inexorável com a parte mais vulnerável da sociedade. Para essa defesa da parcela mais atingida pela vulnerabilidade, propõe-se que eixos como a crítica, o diálogo, a relação com o Estado sejam revisados desde a perspectiva dos mais vulneráveis e não apenas para os mais vulneráveis. Neste contexto, a percepção da interseccionalidade de vulnerabilidades é fundamental.

Palavras-chave


Bioética; Política; Poder; Vulnerabilidade social; Saúde pública

Texto completo:

PDF PDF (English)