Conhecimento de ética médica relacionada à Aids entre estudantes e médicos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia

Pablo Silva Santos, Mariana Corrêa Umezaki, Éder Vaz Mendes, Caio Silva Santos, Melicégenes Ribeiro Ambrósio

Resumo


Este artigo decorre de pesquisa empreendida para avaliar o conhecimento de ética médica relacionada à Aids dos estudantes de medicina e médicos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (FAMED/UFU). O estudo foi feito mediante aplicação de questionário contendo perguntas sobre ética e Aids a 120 estudantes do curso médico e 50 médicos do Hospital de Clínicas da UFU. Os estudantes foram subdivididos em dois grupos, curso básico e clínico, e os médicos em residentes e pós-residentes. Foi utilizado o teste de hipótese para diferença de proporções, considerando-se valores significativos quando p< 0,05. A maioria dos estudantes e médicos apresentou bons conhecimentos em relação às questões éticas relacionadas à Aids, porém ocorreram divergências em algumas respostas, aqui analisadas.

Palavras-chave


Ética médica; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Conhecimento; Educação médica

Texto completo:

PDF