Avaliação do conhecimento dos anestesiologistas sobre cuidados paliativos


Resumo


Avaliar o conhecimento dos cuidados paliativos entre anestesiologistas por meio de questionário individual. A amostra teve 95 profissionais, dos quais 65 do sexo masculino e 30 do feminino. Sessenta e dois anestesiologistas informam que “qualidade de vida” é o termo que melhor expressa os cuidados paliativos e 53 consideram a combinação da assistência casa/hospital a mais conveniente para o atendimento do paciente que requer esses cuidados. Observou-se que 83,2% dos pesquisados (n=79) não receberam preparação para lidar com paciente que requer cuidados paliativos e 88,4% comentam com colegas quando um paciente morre (n=84). A maioria dos entrevistados (n=46) discorda da prática de eutanásia. Quanto à autopercepção do conhecimento sobre cuidados paliativos, numa escala de 0 (nenhum conhecimento) a 10 (conhecimento total), a maioria das respostas alcançou média 5 (n=28), o que mostra a necessidade da reflexão acerca do cuidar na área da anestesiologia. 


Palavras-chave


Cuidados paliativos; Assistência terminal; Doente terminal

Texto completo:

PDF PDF (English) PDF (Español)